quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ala dos Namorados - Caçador de Sóis


Letra

Pelo céu ás cavalitas,
escondi nos teus caracóis,
a estrela mais bonita, que eu ja vi

eu cresci com um encanto,
de ser caçador de sois,
eu ja corri tanto, tanto para ti

fui um príncipe encantado
montado nos teus joelhos,
um eterno enamorado, a valer

lancelot de algibeira,
mas segui os teus conselhos
para voltar à tua beira
e ser o que eu quiser

Refrão (x3)
os teus olhos foram esperança
os meus olhos girassóis
fomos onde a vista alcança da nossa janela

já deixei de ser criança e tu dormes à lareira
ainda sinto a minha estrela nos teus caracóis

Não encontrei os créditos desta música

JOÃO PEDRO PAIS - NINGUÉM É DE NINGUÉM


Letra
Conta-me histórias,de tempos
A que eu gostaria de voltar,
Tenho saudades, de momentos,
Que nunca mais vou encontrar,
A vida talvez sejam só três dias
Eu quero andar sempre devagar, até a ti chegar

Ninguém é de ninguém mesmo quando se ama alguém
Ninguém é de ninguém quando a vida nos contém
Ninguém é de ninguém quando dormes a meu lado
Ninguém é de ninguém quando fico acordado, vendo-te dormir.

Um raio de sol, através de um vidro
Faz-me por vezes hesitar
A vontade de estar contigo
Melodia, paira no ar, paira no ar

Ninguém é de ninguém mesmo quando se ama alguém
Ninguém é de ninguém quando a vida nos contém
Ninguém é de ninguém quando dormes a meu lado
Ninguém é de ninguém quando fico acordado, vendo-te dormir. (vendo-te dormir)

Não encontrei os créditos desta música

Deixa-te Ficar Na Minha Casa - Banda Filarmónica Gil



Letra

Tenho livros e papeis espalhados pelo chão.
A poeira duma vida deve ter algum sentido:
Uma pista, um sinal de qualquer recordação,
Uma frase onde te encontre e me deixe comovido.

Guardo na palma da mão o calor dos objectos
Com as datas e locais, por que brincas, por que ris
E depois o arrepio, a memória dos afectos

Mmmmmm Que me deixa mais feliz.

Deixa-te ficar na minha casa.
Há janelas que tu não abriste.
O luar espera por ti
Quando for a maré vasa.

E ainda tens que me dizer
Porque é que nunca partiste...


Está na mesma esse jardim com vista sobre a cidade
Onde fazia de conta que escapava do presente,
Qualquer coisa que ficou que é da nossa eternidade.

Mmmmmmm Afinal, eternamente.

Deixa-te ficar na minha casa.
Há janelas que tu não abriste.
Deixa-te ficar na minha casa.
Há janelas que tu não abriste.

O luar espera por ti
Quando for a maré vasa.
E ainda tens que me dizer
Porque é que nunca partiste...

Não ecnontrei os créditos desta música

Planalto Records apresentam TIO REX:



TIO REX


Juntem-se a nós a dar as boas-vindas ao novo membro do nosso catálogo: Tio Rex. Assina no BI como Miguel Reis, mas é enquanto Tio Rex que tem vindo a tecer canções folk com a delicadeza da porcelana, alternando entre a língua de Pessoa e o coração de Whitman

Nas suas histórias há pequenos enigmas que pedem para ser desvendados, há fantasmas e há amores não correspondidos, há recordações do passado e projecções do futuro.

Depois dos elogiados "Preaching to a Choir of Friends and Family" (2013), "5 Monstros" (2014) e "Ensaio Sobre a Harmonia" (2015), onde colaborou com nomes como Golden Slumbers, Um Corpo Estranho ou Davide Lobão, surge "5 Tragedies", um EP composto por 5 contos temerosos onde as canções íntimas e introspectivas de discos anteriores dão agora lugar a temas mais expansivos e com um lado sinfónico. Este EP é editado em 18 de Março de 2018 com o selo Planalto Records.

O artista integra ainda a compilação #1 da Experimentáculo, ao lado de nomes como Nicotine's Orchestra e Fast Eddie Nelson.

Tio Rex, o segredo mais bem guardado da folk portuguesa, está quase, quase, a deixar de o ser.



//


Próximos concertos:


01/02 - Gobi Bear no El CercanoOurense (Espanha)
02/02 - Gobi Bear na La Casa de Arriba, Vigo (Espanha)
03/02 - Gobi Bear no Rock Bar MiudoVillagarcia (Espanha)
03/02 - Saloio na Leitaria da PraçaPombal
04/02 - Saloio no Aquele Bar, Matosinhos
04/02 - Gobi Bear no AturuxoBueu (Espanha)
09/02 - Ana no 1/4 Escuro, Chaves
10/02 - A Planalto Apresenta… Emmy Curl, no Convívio em Guimarães
10/02 - Ana no Cave AvenidaViana do Castelo
11/02 - Gobi Bear no Hard Club, Porto
11/02 - Ana na FNAC Guimarães
15/02 - Ana no Teatrão, Coimbra
15/02 - Saloio no Maus Hábitos, Porto
16/02 - Ana n'O NarizLeiria
17/02 - DJ Set Mathilda + Gobi Bear no ConvívioGuimarães
18/02 - Ana nas Matinés da AldeiaTremoceira
22/02 - Tio Rex no Oh Lee Music Showcase #2, Estúdio Plata, Porto
23/02 - Ana na FNAC Viseu
24/02 - Saloio no Club 11, Vila Pouca de Aguiar
24/02 - Gobi Bear no Teatro de Vila Real

Isaura - Busy Tone


Letra

Não ecnontrei a letra desta música


Letra e Música/Lyrics and Music: Isaura

THE FLOYD PORTUGAL - Tributo a Pink Floyd no CINETEATRO MUNICIPAL D. JOÃO V



MÚSICA
03 FEV| 21:30H | 7€ 
Classificação Etária M6

The Floyd Portugal são uma banda portuguesa de Tributo aos Pink Floyd, composta por músicos experientes, fãs de Pink Floyd, e têm como convidado especial Naná Sousa Dias. Decididos a assumir uma qualidade indispensável que é requerida num espectáculo desta natureza, prestam homenagem à banda britânica de Roger Waters, David Gilmour, Richard Wright, Nick Mason e Syd Barret, um dos mais bem sucedidos, importantes e inovadores grupos na história da música rock.

The Floyd Portugal, com o seu Tributo a Pink Floyd, pretende corresponder às expectativas da sua audiência com uma sonoridade muito aproximada à da banda original e uma componente cénica com vídeos, luzes e outros efeitos.
O repertório é composto pelos grandes sucessos de Pink Floyd, como: “Shine on you crazy diamond”, “Wish you were here”, “Another brick in the wall”, “Time”, “Money”, “ Learning to fly”, “ On the turning away”, “High Hopes”, “Run like Hell”, “Confortably numb”, entre outros inúmeros êxitos indo pois de encontro a quem assiste à performance de The Floyd Portugal.

Diva com Adolfo Luxúria Canibal O Verbo Criou a Mulher


Letra

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

Cristina Branco - Eu Por Engomar


Letra

Não encontrei aa letra desta música

“Eu Por Engomar” Letra/Lyrics: André Henriques Música/Music: Filho da Mãe (Rui Carvalho) e André Henriques

ISAURA - “Busy Tone” é o novo single de “HUMAN”


ISAURA
“Busy Tone” é o novo single de “HUMAN”
O álbum de estreia está previsto para 6 de abril


Busy Tone” é o novo single de Isaura e marca a contagem decrescente para o lançamento do tão aguardado álbum de estreia, “Human”, com lançamento marcado para 6 Abril.

“Busy Tone” foi escrito e composto por Isaura e chega-nos com a chancela de Lhast, produtor de referência conhecido por deixar a sua marca nos projetos de Richie Campbell, Diogo Piçarra, Valas, ProfJam, Slow J, Dillaz e muitos outros. 

Esta é uma canção para quem não se esconde num só estilo, um tema tão transversal a tantos géneros e registos musicais. Em “Busy Tone” ouvimos versos e refrão que ficam na memória e que, ainda assim, estão carregados da essência nostálgica e introspetiva que distinguem Isaura dos demais. O arranjo de Lhast define o pop/hip-hop/eighties que delineará o universo Isaura em
“Human”.

“Busy Tone representa estar ocupada para o que não interessa e dar tempo a quem quer o nosso tempo.”

O videoclip estreou hoje ao inicio do dia no canal Vevo da artista, IsauraVEVO, e foi filmado e editado por Liliana Ramires.

Isaura promete mais novidades em breve. Um caminho para seguir de perto nas redes sociais da artista.

Wraygunn ft. Adolfo Luxúria Canibal - Não vou perder a alma


Letra

Já derramei o espírito
Já bebi todo o dinheiro
Agora vou ter com uma ruiva
Que me não vai deixar inteiro
Mas não vou perder a alma
Não vou perder a alma
Já tive muito ouro
Já fui muito mulheril
Mas hei-de continuar a gozar
Até esticar o pernil
Mas não vou perder a alma
Não vou perder a alma
Eh, Mafarrico
Não me vais ficar com a alma
Hei-de vomitá-la para um buraco
Numa noite de brisa calma
Não me vais ficar com a alma

Não encontrei os créditos desta música

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Cavalo à Solta - Mafalda Arnauth


Letra

Minha laranja amarga e doce
meu poema
feito de gomos de saudade
minha pena
pesada e leve
secreta e pura
minha passagem para o breve breve
instante da loucura.
Minha ousadia
meu galope
minha rédea
meu potro doido
minha chama
minha réstia
de luz intensa
de voz aberta
minha denúncia do que pensa
do que sente a gente certa.
Em ti respiro
em ti eu provo
por ti consigo
esta força que de novo
em ti persigo
em ti percorro
cavalo à solta
pela margem do teu corpo.
Minha alegria
minha amargura
minha coragem de correr contra a ternura.
Minha laranja amarga e doce
minha espada
poema feito de dois gomos
tudo ou nada
por ti renego
por ti aceito
este corcel que não sossega
a desfilada no meu peito
Por isso digo
canção castigo
amêndoa travo corpo alma amante amigo
por isso canto
por isso digo
alpendre casa cama arca do meu trigo.
Minha alegria
minha amargura
minha coragem de correr contra a ternura.

Xutos & Pontapés - Menina estás à janela


Letra

Menina estás à janela
com o teu cabelo à lua
não me vou daqui embora
sem levar uma prenda tua

sem levar uma prenda tua
sem levar uma prenda dela
com o teu cabelo à lua
menina estás à janela

Os olhos requerem olhos
e os corações corações
e os meus requerem os teus
em todas as ocasiões

Menina estás à janela
com o teu cabelo à lua
não me vou daqui embora
sem levar uma prenda tua

sem levar uma prenda tua
sem levar uma prenda dela
com o teu cabelo à lua
menina estás à janela

Menina estás à janela
com o teu cabelo à lua
não me vou daqui embora
sem levar uma prenda tua

sem levar uma prenda tua
sem levar uma prenda dela
com o teu cabelo à lua
menina estás à janela.

MARIA ROSSI - FADO FALADO DE JOÃO VILLARET.


Letra



Fado Triste
Fado negro das vielas
Onde a noite quando passa
Leva mais tempo a passar
Ouve-se a voz
Voz inspirada de uma raça
Que mundo em fora nos levou
Pelo azul do mar
Se o fado se canta e chora
Também se pode falar

Mãos doloridas na guitarra
que desgarra dor bizarra
Mãos insofridas, mãos plangentes
Mãos frementes e impacientes
Mãos desoladas e sombrias
Desgraçadas, doentias
Quando à traição, ciume e morte
E um coração a bater forte

Uma história bem singela
Bairro antigo, uma viela
Um marinheiro gingão
E a Emília cigarreira
Que ainda tinha mais virtude
Que a própria Rosa Maria
Em dia de procissão
Da Senhora da Saúde

Os beijos que ele lhe dava
Trazia-os ele de longe
Trazia-os ele do mar
Eram bravios e salgados
E ao regressar à tardinha
O mulherio tagarela
De todo o bairro de Alfama
Cochichava em segredinho
Que os sapatos dele e dela
Dormiam muito juntinhos 
Debaixo da mesma cama

Pela janela da Emília
Entrava a lua
E a guitarra 
À esquina de uma rua gemia,
Dolente a soluçar.
E lá em casa:

Mãos amorosas na guitarra
Que desgarra dor bizarra
Mãos frementes de desejo
Impacientes como um beijo
Mãos de fado, de pecado
A guitarra a afagar
Como um corpo de mulher
Para o despir e para o beijar

Mas um dia,
Mas um dia santo Deus, ele não veio
Ela espera olhando a lua, meu Deus
Que sofrer aquele
O luar bate nas casas
O luar bate na rua
Mas não marca a sombra dele
Procurou como doida
E ao voltar da esquina
Viu ele acompanhado
Com outra ao lado, de braço dado
Gingão, feliz, levião
Um ar fadista e bizarro
Um cravo atrás da orelha
E preso à boca vermelha
O que resta de um cigarro
Lume e cinza na viela,
Ela vê, que homem aquele
O lume no peito dela
A cinza no olhar dele

E o ciume chegou como lume
Queimou, o seu peito a sangrar
Foi como vento que veio
Labareda atear, a fogueira aumentar
Foi a visão infernal
A imagem do mal que no bairro surgiu
Foi o amor que jurou
Que jurou e mentiu
Correm vertigens num grito
Direito ou maldito que há-de perder
Puxa a navalha, canalha
Não há quem te valha 
Tu tens de morrer
Há alarido na viela
Que mulher aquela
Que paixão a sua
E cai um corpo sangrando
Nas pedras da rua

Mãos carinhosas, generosas
Que não conhecem o rancor
Mãos que o fado compreendem
e entendem sua dor
Mãos que não mentem
Quando sentem
Outras mãos para acarinhar
Mãos que brigam, que castigam
Mas que sabem perdoar

E pouco a pouco o amor regressou
Como lume queimou
Essas bocas febris
Foi um amor que voltou
E a desgraça trocou
Para ser mais feliz
Foi uma luz renascida
Um sonho, uma vida
De novo a surgir
Foi um amor que voltou
Que voltou a sorrir

Há gargalhadas no ar
E o sol a vibrar
Tem gritos de cor
Há alegria na viela 
E em cada janela
Renasce uma flor
Veio o perdão e depois
Felizes os dois
Lá vão lado a lado
E digam lá se pode ou não
Falar-se o fado.

A primeira Tour Espanhola dos Gobi Bear



GOBI BEAR:

A primeira tour Espanhola do Gobi Bear acontece já esta semana. Vai levar o aclamado "Our Homes & Our Hearts" até Ourense, Vigo, Villagarcia de Arousa e Bueu. Ainda em Fevereiro, tocará também no Teatro de Vila Real e no Hard Club, no Porto.


Casa da Cultura de Setúbal - SALA JOSÉ AFONSO - QUARTO TRIPLO - CONCERTO SENSORIAL


2 FEVEREIRO | SEXTA-FEIRA | 21H ÀS 23H
SALA JOSÉ AFONSO
QUARTO TRIPLO | CONCERTO SENSORIAL


Quarto Triplo é um concerto sensorial para três espetadores de cada vez.
Uma viagem pelos sentidos num concerto para ver e ouvir de olhos fechados, até ver a luz!

Duração 7 min. aprox por sessão | 10 sessões

Ficha Artística António Bexiga e Diogo Duro | Imagem Cristina Viana
Entrada 3€
Informações 265 236 168 | casacultura@mun-setubal.pt

Organização CMS

Sérgio Godinho - Noites De Macau


Letra

A letra está no vídeo

“Noites De Macau” Letra e Música: Sérgio Godinho

Cristina Branco - “Eu Por Engomar” é nova música


Cristina Branco
“Eu Por Engomar” é nova música revelada hoje
“Branco” editado a 23 de fevereiro


Todas as datas de concertos aqui

Eu Por Engomar” é o segundo single do aguardado álbum "Branco" que a cantora Cristina Branco vai lançar em fevereiro. O tema é composto por André Henriques e Filho da Mãe (Rui Carvalho).

“Branco” é editado no próximo dia 23 de fevereiro mas os fãs já podem fazer a pré-compra do disco na Fnac (2€ de desconto) e no iTunes (recebem imediatamente os dois temas já divulgados).

Depois do sucesso da mini-tour na Alemanha – três datas com salas cheias em Kassel, Sindelfingen e Darmstadt, a cantora revela mais uma música do seu próximo disco, que se mostra como um novo ponto de partida, uma página em branco onde se desenham novas imagens esonoridades, com arranjos dos músicos Luís Figueiredo (piano), Bernardo Moreira (baixo) e Bernardo Couto (guitarra portuguesa).

Cristina Branco prepara agora o seu concerto no Théâtre de la Ville, em Paris, a 7 de fevereiro,onde se apresenta com o apoio do Museu do Fado / EGEAC. Neste teatro passam regularmente companhias de teatro conceituadas – caso do encenador português Tiago Rodrigues, diretor do Teatro Nacional D. Maria II ou da companhia belga Rosas, de Anne Teresa de Keersmaeker. Esta é uma sala ligada à contemporaneidade das artes, sejam elas música, teatro ou dança, onde Cristina Branco está inserida.

Aproveitando a sua passagem por Paris, a cantora irá gravar um novo videoclipe com a realizadora Joana Linda.

Agenda de concertos 2018


07 de Fevereiro, Théâtre de la Ville-Espace Cardin, Paris (FR)


22 de Fevereiro, ciclo Noites frias vozes quentes, Teatro Municipal de Bragança (PT)

23 de Fevereiro, Casa da Cultura de Ílhavo (PT) – 

24 de Fevereiro, Theatro Circo, Braga (PT) –

01 de Março, Teatro Bergidum, Ponferrada (ES)

02 de Março, Teatro Auditorio Ciudad de Alcobendas (ES)

03 de Março, Teatro Liceo, Salamanca (ES)

05 de Abril, Schouwburg Orpheus, Apeldoorn (NL)

06 de Abril, Koepeltheater, Leeuwarden (NL)

07 de Abril, Muziekgebouw Frits Philips, Eindhoven (NL)

11 de Abril, Theater aan de Parade, Den Bosch (NL)

12 de Abril, Theater de Maaspoort, Venlo (NL)

14 de Abril, De Roma, Antwerp (BE)

17 de Abril, Stadsschouwburg, Nijmegen (NL)

19 de Abril, DE KOM, Nieuwegein (NL)

20 de Abril, Chassé Theater, Breda (NL)

21 de Abril, Agora theater, Lelystad (NL)

22 de Abril, Theater aan het Vrijthof, Maastricht (NL)

02 de Maio, TivoliVredenburg, Utrecht (NL)

03 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

04 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

05 de Maio, Montmarte, Copenhagen (DK)

08 de Maio, Musikhuset, Arhus (DK)

09 de Maio, Fasching, Stockholm (SE)

12 de Maio, Vilnius (LT)

15 de Maio, Teatro Tivoli BBVA, Lisboa (PT) – 

H O M I E S - B O M B O C L A T


Letra

(INTRO)

(REFRÃO)
Listen to my Homies
Nós agimos tipo shooters
Grita BOMBOCLAT, BOMBOCLAT! (x4)

(VERSO 1)
Eu não venho só, viemos sem dó pra dar carga no mic (Listen)
Tamos no combate, mano és fictício como o Batman
Nenhum de nós bate bem, olha nós por cá
Welcome to paradise, I roll my king size, enjoy the sunshine
Bora mete a armadura, agora vem a ala dura
O teu sucesso vamos ver quanto isso dura
Em busca de uma vaga nesta nova vaga, é o Homies que se propaga
A tua mente não apaga e pede mais HOMIES, tu queres mais HOMIES!
Agora com mais vontade e alguma maturidade, onde vou levo comigo o emblema da cidade
Nas ruas fizemos a ponte para que a história se conte
Para que oiças, para que sinta
Música da terra nos palcos da berra
O nosso ?ciclo não é serra, estamos no alto o avião não aterra
Trazemos carga, qualquer obra embarga
Fechámos a casa, o Algarve está em brasa

(REFRÃO)
Listen to my Homies
Nós agimos tipo shooters
Grita BOMBOCLAT, BOMBOCLAT! (x4)

Está a chegar "TEU", o primeiro álbum de Paulo Sousa.




Está a chegar "TEU", o primeiro álbum de Paulo Sousa.



Com lançamento marcado para a próxima sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018, chega agora "TEU", o primeiro álbum de originais de Paulo Sousa, com vários temas inéditos.

Juntamente com a edição do álbum, chega também a tour de showcases FNAC, com direito a Meet&Greet, por algumas das maiores lojas do país, em que os primeiros 50 fãs a chegar ao Meet&Greet com o CD, terão uma t-shirt de oferta, autografada pelo artista.

O álbum estará à venda nas lojas, tanto em CD físico como em formato digital, e todos os singles estarão disponíveis no mesmo dia, com videoclipe, no canal de Youtube do artista.

"Onde Quero Estar", "Todos os Dias", "Não Me Deixes Ir" e "Somos Eu e Tu" são apenas alguns dos singles de Paulo Sousa, que integram as bandas sonoras de várias novelas nacionais.


Richie Campbell - Anyhow


Letra


[Verse 1]
I like my rum with no chaser
I got my weed, I need paper
I don’t give a fuck about a hater
Nah go let none a them bwoy
Deh switch up my behaviour

[Chorus]
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your face
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your place

[Verse 2]
These are some serious times
Girl Gyptian did a warn we
Badmind them working overtime, fi try fi harm we
Pray to God make him protect me life
Help me see them from a far with my eyes
Though my heart getting colder than ice
Swear pon me life
Me ago make you warm tonight

[Chorus]
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your face
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your place


[Verse 3]
Baby hold on pon me hand now
The money have so many man around me
Praying fi me fall down
Lord knows them try, but we dodging every shot, whoa
Me dribble past the whole a them
It got me feeling like Ronaldo

Come my way, come my way (2x)
Any day, any day (2x)
Come my way, come my way (2x)
Any day, any day (2x)

[Chorus]
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your face
Anyhow, anyhow, anyhow, anyhow
I really wanna see your place

Não ecnontrei os créditos desta música

A Planalto Records Apresenta Mathilda


MATHILDA:


No passado dia 13 de Janeiro, a Mathilda foi finalista do reputado Festival Termómetro, onde causou sensação entre os presentes num Cinema São Jorge repleto. Segue-se agora um mês fechada no estúdio a ensaiar para a grande estreia das novas músicas no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, marcada para o próximo dia 2 de Março.


OUVIR:

 

Próximos concertos Planalto Records:



01/02 - Gobi Bear no El Cercano, Ourense (Espanha)

02/02 - Gobi Bear na La Casa de Arriba, Vigo (Espanha)

03/02 - Gobi Bear no Rock Bar Miudo, Villagarcia (Espanha)

03/02 - Saloio na Leitaria da Praça, Pombal

04/02 - Saloio no Aquele Bar, Matosinhos

04/02 - Gobi Bear no Aturuxo, Bueu (Espanha)

09/02 - Ana no 1/4 Escuro, Chaves

10/02 - A Planalto Apresenta… Emmy Curl, no Convívio em Guimarães

10/02 - Ana no Cave Avenida, Viana do Castelo

11/02 - Gobi Bear no Hard Club, Porto

11/02 - Ana na FNAC Guimarães

15/02 - Ana no Teatrão, Coimbra

15/02 - Saloio no Maus Hábitos, Porto

16/02 - Ana n'O Nariz, Leiria

17/02 - DJ Set Mathilda + Gobi Bear no Convívio, Guimarães

18/02 - Ana nas Matinés da Aldeia, Tremoceira

22/02 - Tio Rex no Oh Lee Music Showcase #2, Estúdio Plata, Porto

23/02 - Ana na FNAC Viseu

24/02 - Saloio no Club 11, Vila Pouca de Aguiar

24/02 - Gobi Bear no Teatro de Vila Real



Boémia Vadia - Alma Gémea


Letra

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

Richie Campbell - Slowly


[Verse 1]
One pound a weed, girls and white rum
You know seh the night done
Dadda spin tune ’til the Sun come
Bridgetown badman
Man I need a girl to come wine for me
Yeah, come wine slowly
I just need a girl to come wine for me
Yeah

[Chorus]
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly, and come again
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly, and come again

[Verse 2]
Somebody come, and get my baby girl
When she start spin around like the world
She go down, come back up and she twirl
Every man in the dance a look her
But a me she want wine pon

Dem a look her
But when we go back home, she ago wine pon me...

[Chorus]
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again

[Verse 3]
Cape-Verdean ting, she a stunner
She hot like Lisbon in the summer
I hope she come and give me nana
Want beat up the ting, like a drummer
Got to hold my corner
I pray she gimme the ting
‘cause me can’t wait no longer

[Chorus]
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again

[Verse 4]
One pound a weed, girls and white rum
You know seh the night done
Dadda spin tune ’til the Sun come
Man I need a girl to come wine for me
Yeah, come wine slowly
I need a girl to come wine for me
Yeah

[Chorus]
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again
Slowly, slowly, slowly
Wine slowly and come again

[Verse 5]
Friday night, and the dawgs them haffi touch road
Sony just call me, fi say me turn Gold
Not even the devil, can afford my soul
Every gyal a mine, you can walk with my Globe

Check me passport
None a them bwoy them, never see no airport
Man a nun celebrity, no inna them sport
Them type a ting B-Town can’t support, no way

Não encontrei os créditos desta música

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

José Afonso - Os Vampiros


Letra

No céu cinzento
Sob o astro mudo
Batendo as asas
Pela noite calada
Vem em bandos
Com pés veludo
Chupar o sangue
Fresco da manada

Se alguém se engana
Com seu ar sisudo
E lhes franqueia
As portas á chegada
Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

A toda a parte
Chegam os vampiros
Poisam nos prédios
Poisam nas calçadas
Trazem no ventre
Despojos antigos
Mas nada os prende
Às vidas acabadas

São os mordomos
Do universo todo
Senhores á força
Mandadores sem lei
Enchem as tulhas

Bebem vinho novo
Dançam a ronda
No pinhal do rei

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

No chão do medo
Tombam os vencidos
Ouvem-se os gritos
Na noite abafada
Jazem nos fossos
Vítimas dum credo
E não se esgota
O sangue da manada

Se alguém se engana
Com seu ar sisudo
E lhe franqueia
As portas á chegada
Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Eles comem tudo
Eles comem tudo
Eles comem tudo
E não deixam nada

Vitorino - Menina Estás à Janela


Letra

Menina estás à janela
Com o teu cabelo à lua
Não me vou daqui embora
Sem levar uma prenda tua.

Sem levar uma prenda tua
Sem levar uma prenda dela
Com o teu cabelo à lua
Menina estás à janela.

INSTRUMENTAL

Os olhos requerem olhos
E os corações, corações
E os meus requerem os teus
Em todas as ocasiões.

Menina estás à janela
Com o teu cabelo à lua
Não me vou daqui embora
Sem levar uma prenda tua.

Sem levar uma prenda tua
Sem levar uma prenda dela
Com o teu cabelo à lua
Menina estás à janela.

INSTRUMENTAL

Menina estás à janela
Com o teu cabelo à lua
Não me vou daqui embora
Sem levar uma prenda tua.

Sem levar uma prenda tua
Sem levar uma prenda dela
Com o teu cabelo à lua
Menina estás à janela.

INSTRUMENTAL

Menina estás à janela
Com o teu cabelo à lua
Não me vou daqui embora
Sem levar uma prenda tua.

Sem levar uma prenda tua
Sem levar uma prenda dela...

Da Weasel - Agora e para sempre (Paixão)


Letra

1ªparte
Como no som do Jay "I Still Can Smell You In My Clothes",
A melodia do teu riso – digna de um Fender Rhodes
Mergulhei nos teus cabelos de ouro, grandes, ondulados
nadei no teu sexo até ficarmos esgotados
O suor passeava do teu corpo para o meu do meu corpo para o teu
já não sabia se era eu
quem gemia, estremecia, a carne não adormecia
e de repente, a noite ficou dia
Lá fora o barulho já acordou a cidade
e a fantasia deu enfim lugar à realidade
Carrega stop, faz rewind, por favor, volta para trás
não quero sair daqui, nunca mais, não sou capaz
Quero

Refrão:
Ficar contigo, agora e para sempre
Nadar no teu corpo eternamente
Teus sonhos os meus serão
Meus sonhos os teus serão

Quero

Ficar contigo, agore e para sempre
Nadar no teu corpo enternamente
Teus sonhos os meus serão
Meus sonhos os teus serão

2ª parte
Sinto-me de novo um teenager inconsciente,
adolescente irreverente com vontade de ser diferente
Passava tardes no meu quarto fechado à chave
tentava descobrir a vida – a minha cama era a nave
com o (meu) primeiro amor fazia planos a dois
trocava juras e carinhos e não pensava e se depois não der certo?
‘tava carregado de certezas
a nossa paixão deixava as almas acesas
Não havia ciúme, nem sequer desconfiança,
apenas inocência e muita esperança
O mundo inteiro brilhava e sorria para nós
Lembro-me perfeitamente de ouvir a tua voz:
Quero

Refrão:
Ficar contigo, agora e para sempre
Nadar no teu corpo – eternamente
Teus sonhos os meus serão
Meus sonhos os teus serão

Não ecnontrei os créditos desta música

Magasessions - Filipe Sambado


As Magasessions estão aí! com sabor a primavera 🍐🍊🍇  
O ano começou e queremos 2018 quentinho e com boa gente à nossa volta, se possível a ouvir um concerto na sala de casa.

Já no próximo domingo, dia 4 FEV - FILIPE SAMBADO - vem para um concerto a solo de músicas frescas!

Com disco novo na calha, Filipe Sambado encerrou o ciclo de “Vida Salgada” e prepara-se para muito brevemente lançar o seu próximo disco. Este concerto nas Magasessions está num limbo que promete mais do que aquilo que anuncia e certamente imperdível!

Até Domingo!

Domingo às 18:00 - 19:00

Avenida da República 10 - 2E, 1050-191 Lisboa
Evento 🍑

BUDDA POWER BLUES & MARIA JOÃO - "I Lost A Friend"


Letra

Não ecnontrei a letra ou os créditos desta música

Budda Power Blues & Maria João no C.C. Olga Cadaval



"The Blues Experience"
 Budda Power Blues & Maria João
CC. Olga Cadaval | Auditório Jorge Sampaio
Dia  07 Abril - 21h30
Maria João: Voz
Budda Guedes: Voz e guitarras
Nico Guedes: Bateria e coros
Carl Minnemann: Baixo e coros
BILHETES JÁ À VENDA